A conservação da diversidade biológica, a utilização sustentável dos recursos e a repartição justa dos benefícios extraídos dessa utilização são valores preconizados pela Altri. Para a empresa, na sua qualidade de agente activo na investigação e na gestão de florestas, a defesa da biodiversidade é também a sua própria defesa, pois a manutenção dos recursos, a sua utilização e reposição são elementos fundamentais para a sua própria salvaguarda.

Ao abastecer as suas unidades fabris com matéria-prima proveniente de florestas plantadas e geridas especificamente para este fim, a Altri contribui para a redução da exploração de florestas naturais com elevados níveis de biodiversidade.

A empresa definiu um conjunto de critérios e procedimentos para minimizar estes impactos, nomeadamente.

Política de abastecimento de madeira: a empresa avalia criteriosamente as fontes de madeira, atenuando desta forma o risco de fornecimentos provenientes de fontes controversas, nomeadamente no que diz respeito a florestas de alto valor de conservação, a desflorestações, madeira explorada de forma ilegal ou proveniente de regiões onde os direitos civis são violados.

Áreas de conservação e biodiversidade: foram identificadas no património florestal da Altri áreas de alto valor de conservação e biodiversidade, tal como áreas significativas com um elevado potencial para restauro ecológico. A sua gestão adequada dará um contributo relevante para a conservação e melhoria da biodiversidade existente, contribuindo deste modo para o objectivo europeu de travar a perda de biodiversidade até 2010.

Neste sentido, a Altri comprometeu-se a:

  • Promover o restauro e a conservação da biodiversidade
  • Desenvolver um modelo de gestão assente em princípios de valor acrescentado
  • Envolver de forma directa a comunidade e as autoridades locais
  • Promover a consciencialização junto de todos os seus stakeholders, incluindo os seus colaboradores de modo a que todos possam aderir aos princípios da defesa da biodiversidade
  • Promover campanhas de divulgação e sensibilização dos valores da biodiversidade
  • Manter uma politica de abastecimento que elimine ou evite a aquisição de madeiras a partir de fontes que violem as regras do Forest Stewardship Council ©, nomeadamente no que diz respeito à exploração ilegal de madeiras sem atentar ao valor da biodiversidade, ou proveniente de regiões onde os direitos civis são violados.

A actividade de gestão florestal corrente e este compromisso materializou-se na assinatura do protocolo Business and Biodiversity entre a Altri e o Instituto para a Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB)

© 2017 Altri

Entregue pela Investis - link para o site (Abre em uma nova janela)