A biomassa é um material orgânico que existe nas árvores, nas culturas e noutras plantas. A biomassa é constituída por carbohidratos – compostos orgânicos que se formam nas plantas – e pode ser definida como energia solar armazenada sob a forma orgânica.

À medida que as plantas e as árvores crescem, a fotossíntese utiliza a energia solar para transformar o dióxido de carbono em carbohidratos (açúcares e celulose).

A utilização da biomassa como fonte energética não produz um aumento líquido das emissões de dióxido de carbono, porque à medida que as plantas se desenvolvem retiram dióxido de carbono da atmosfera através da fotossíntese. A utilização da biomassa para produção de energia é, deste modo, uma forma de utilizar resíduos florestais que, doutro modo, poderiam criar riscos ambientais, nomeadamente incêndios florestais.

A Altri está presente no sector da energia renovável de biomassa através de uma joint venture (50% Altri, 50% EDP) denominada EDP Bioeléctrica. Actualmente estão em funcionamento quatro centrais de produção de biomassa florestal - Mortágua (9 MWh); Ródão (localizada nas instalações fabris da Celtejo) com 13 MWh; Figueira da Foz (localizada nas instalações fabris da Celbi), com capacidade de cerca de 28 MWh e Constância (localizada nas instalações fabris da Caima), com capacidade de cerca de 13 MWh.

 

Localização das centrais de biomassa em funcionamento

© 2017 Altri

Entregue pela Investis - link para o site (Abre em uma nova janela)